Synopsis

O FormigaCast é o podcast semanal do site Formiga Elétrica, dedicado ao universo da cultura pop geral! Cinema, quadrinhos, séries e muito mais, em um papo descontraído, mas com conteúdo!

Episodes

  • Solaris (Livro e Filme) | FormigaCast 90 - Formiga Elétrica

    Solaris (Livro e Filme) | FormigaCast 90 - Formiga Elétrica

    08/03/2019 Duration: 01h29min

    Resenha do livro SOLARIS: https://bit.ly/2tW7ysZ Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd O polonês Stanislaw Lem é, sem dúvida, um dos nomes mais importantes da literatura de ficção científica e sua obra mais conhecida, Solaris, ocupa lugar de destaque na estante dos fãs do gênero. Mas até mesmo quem não tem o hábito de devorar páginas de sci-fi pode encontrar na obra de Lem uma experiência inesquecível e que ganha novos significados a cada releitura. Publicado em 1961, Solaris quebrou o clássico conflito do encontro do homem com seres alienígenas e colocou o leitor para desvendar o "oceano" nome que não abrange o poder e o significado do mar denso que envolve o planeta Solaris. O estranho ambiente aflora todos os dilemas dos personagens, em especial do protagonista, o psicólogo Kris Kelvin, que se vê diante de dilemas do passado dentro de uma estação espacial e, mesmo estudioso da mente humana, parece não saber lidar com tantos fantasmas ao mesmo tempo. Com tantos mistérios, Solaris pa

  • Mandy (com Spoilers) | FormigaCast 89 - Formiga Elétrica

    Mandy (com Spoilers) | FormigaCast 89 - Formiga Elétrica

    22/02/2019 Duration: 01h19min

    Confira nosso vídeo de MANDY sem spoilers: https://goo.gl/ZmHwrT Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Pois é. A curiosa obra dirigida por Panos Cosmatos e estrelada por Nicolas Cage, que fez barulho nos meios alternativos em 2018, continua rendendo conversa. Já fizemos até um vídeo de Mandy sem spoilers, preservando a experiência de quem não o havia visto ainda. Afinal, o filme sequer foi lançado comercialmente no Brasil, passando correndo pelo Phenomena Festival. Como fomos cobrados por comentários mais profundos sobre o assunto, resolvemos desdobrar isso para o podcast, onde temos mais tempo para ir além e dissecar trechos mais específicos. É muito simbolismo em um filme que desafia, até mesmo, a classificação de gênero. A graça da discussão já começa por aí, mas é um prazer discorrer e analisar certas escolhas estéticas de Cosmatos, também roteirista. Apenas um filme de vingança cheio de filtros moderninhos? Trasheira metida a cult sem qualquer conteúdo? Egotrip visual de um direto

  • John Constantine: Hellblazer | FormigaCast 88 - Formiga Elétrica

    John Constantine: Hellblazer | FormigaCast 88 - Formiga Elétrica

    08/02/2019 Duration: 01h06min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Em junho de 1985, um carismático coadjuvante debutou nas páginas de O Monstro do Pântano (Swamp Thing), na fase capitaneada por Alan Moore. O misterioso e cínico britânico já chegou chamando atenção por sua semelhança com Sting, inspiração que Moore e os desenhistas Stephen Bissette e John Totleben admitiram. Versado nas artes do ocultismo, John Constantine surgiu para impedir que um grupo chamado Brujeria destruísse toda Criação, precisando da ajuda do Monstro do Pântano para o objetivo.  Terminado esse arco, os fãs já haviam sido fisgados pela malandragem de Constantine. Algum tempo depois, o personagem ganharia seu próprio título, com o pomposo nome de John Constantine: Hellblazer, deixando claro que o loirinho não tinha pudores em desafiar o inferno. Foi o começo de uma longeva série, que acumulou 300 números e trouxe vários roteiristas de renome, antes de dar lugar para a intragável fase Novos 52, onde o mago pilantra foi estupidamente incorpor

  • Vidro: O final da trilogia de Shyamalan | FormigaCast 87 - Formiga Elétrica

    Vidro: O final da trilogia de Shyamalan | FormigaCast 87 - Formiga Elétrica

    25/01/2019 Duration: 01h17min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Em 2000, M. Night Shyamalan (cuja filmografia já ganhou um podcast : https://goo.gl/g1zQiW) apresentava seu novo trabalho após o grande sucesso de O Sexto Sentido. Corpo Fechado (Unbreakable) teve um desempenho comercial bem abaixo do esperado e dividiu a crítica, embora o diretor/roteirista tenha triunfado artisticamente com sua visão peculiar dos arquétipos dos super-heróis dos Quadrinhos. O tempo passou, a carreira dele nunca mais foi a mesma, mas Fragmentado (Split) retornou àquele universo 15 anos depois, enchendo os fãs de esperança. Só faltava mesmo fechar a trilogia, algo feito agora com a estreia do filme Vidro (Glass). Parece evidente que o projeto só recebeu sinal verde por conta da onda de super-heróis no cinema. Como Corpo Fechado foi uma obra-prima e Fragmentado um filme bem realizado, Vidro veio carregado de expectativas sobre Shyamalan retornando ao estilo que o consagrou. Com o elenco original reunido, era preciso dar conta de expa

  • Alfonso Cuarón | FormigaCast 86 - Formiga Elétrica

    Alfonso Cuarón | FormigaCast 86 - Formiga Elétrica

    11/01/2019 Duration: 01h20min

    O FormigaCast começa 2019 falando de cinema com gostinho de tequila e guacamole! Isso porque, depois de nos dedicarmos a comentar as trajetórias de Guillermo Del Toro e Alejandro Iñarritu, chegou o momento de completar o trio de diretores mexicanos e falarmos sobre Alfonso Cuarón. Atualmente marcando presença na temporada de premiações por conta de seu último longa-metragem, Roma, distribuído pela plataforma Netflix e exibido nos cinemas apenas em sessões especiais, Cuáron já consolidou seu nome em Hollywood, mas foi uma estrada nem sempre fácil até essa conquista. Após um início de carreira no formato de curta-metragem e uma breve passagem pela TV mexicana, o diretor realizou seu primeiro trabalho comercial, o pouco visto Sólo Con Tu Pareja, que por essas terras ganhou o título insólito Amor em Tempos de Histeria. O talento para a direção e a parceria com o diretor talentoso diretor de fotografia Emmanuel Lubezki renderam convites para trabalhar no cinema americano. Os filmes A Princesinha e Grandes Esperan

  • O Diabo Na Cultura Pop | FormigaCast 85 - Formiga Elétrica

    O Diabo Na Cultura Pop | FormigaCast 85 - Formiga Elétrica

    28/12/2018 Duration: 01h16min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd O último FormigaCast de 2018 está endiabrado como nunca! Isso porque resolvemos falar das várias formas como o diabo foi retratado na cultura pop. Desde as primeiras histórias do folclore com criaturas demoníacas até as adaptações para o cinema, com diabos elegantes como o interpretado por Robert De Niro em Coração Satânico, que por sua vez é inspirado em um livro homônimo escrito por William Hjortsberg. Deixando de lado o rock, onde o capeta está muito presente, a cultura pop sempre se valeu da figura do diabo para conseguir múltiplos resultados. Desde os primórdios do cinema de horror, lá na fase do cinema mudo, onde George Meliès usou a clássica imagem do diabo com chifres e tridentes para tirar o sono das plateias, roteiristas adoram incluir o tinhoso entre seus personagens. São tantos exemplos que até O Bebê de Rosemary já ganhou um vídeo aqui (https://goo.gl/cBpXC6). Nos quadrinhos, nem se fala. Do Lúcifer de Sandman à Preacher, o capeta já f

  • John Hughes | FormigaCast 83 - Formiga Elétrica

    John Hughes | FormigaCast 83 - Formiga Elétrica

    14/12/2018 Duration: 01h11min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Pode ser que você não associe esse nome a nada, mas quem consumia filmes norte-americanos em uma quantidade razoável durante a década de 1980 já esbarrou em alguns trabalhos deste cara. John Hughes Jr. nasceu em 1950 e faleceu em 2009, de ataque cardíaco, deixando sua marca no cinema e uma obra que permanece lembrada com carinho por cinéfilos de várias idades. Sejam aqueles que viram os filmes na época ou as gerações seguintes. Um profissional que tinha a comédia como sua especialidade, mas sempre será lembrado pelos filmes que envolviam o universo adolescente. Com poucos créditos como diretor, comparando às atuações como produtor e roteirista, John Hughes estreou como cineasta em 1984, com Gatinhas e Gatões, revelando a atriz Molly Ringwald. A partir daí, o aprofundamento nos problemas da adolescência, sempre tratados com leveza, viraram sua marca. Clube dos Cinco, A Garota de Rosa Shocking, Mulher Nota Mil e Alguém Muito  Especial também marcaram

  • Inteligência Artificial Na Literatura | FormigaCast 83 - Formiga Elétrica

    Inteligência Artificial Na Literatura | FormigaCast 83 - Formiga Elétrica

    30/11/2018 Duration: 01h31min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Com Frankenstein abrindo as portas da moderna ficção científica em 1818, criou-se uma impressão no mundo literário contemporâneo que gerou até mesmo um termo específico. Graças ao grande Isaac Asimov, "Complexo de Frankentein" passou a designar essa obsessão criada sobre a ciência que se volta contra a humanidade. Muito antes dele, os autômatos já eram figuras familiares na Literatura fantástica, assustando um público que achava sacrílega uma imagem humanoide animada sem a centelha divina. No entanto, a questão aprofundada da inteligência artificial em si só apareceria em 1894, quando Ambrose Bierce se inspirou na realidade e mostrou uma máquina capaz de jogar xadrez. De lá até aqui, muita coisa rolou entre as especulações da inteligência artificial na imaginação dos escritores. Do já citado Asimov, com seus famosos robôs relativamente integrados à sociedade, aos futuros mais pessimistas, também houve espaço para aqueles que chegaram a prever até me

  • Mercado Editorial de HQ no Brasil | FormigaCast 82 - Formiga Elétrica

    Mercado Editorial de HQ no Brasil | FormigaCast 82 - Formiga Elétrica

    16/11/2018 Duration: 01h45min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Na crise editorial que nosso país vive hoje, que não poupa nem as grandes redes de livrarias, o tópico quadrinhos é é um assunto à parte. É uma realidade bem diversa, se comparada a outros tipos de publicações, com inúmeras idas e vindas entre editoras, formatos que foram testados com ou sem sucesso, os altos e baixos da nossa economia sempre instável e a lista é longa. Mapear e entender o mercado editorial de HQ no Brasil é uma bem tarefa complicada. Os leitores de longa data lembram bem dos famigerados formatinhos, que mutilavam as histórias para que coubessem naquelas edições mix. Uma prática muito utilizada quando a Marvel e a DC estavam nas mãos da editora Abril, absolutamente impensável hoje. Mas, entre os anos 1980 e 90, com a inflação muito pior do que hoje, não teria sido a única alternativa viável? E as polêmicas edições caríssimas de hoje, que dificilmente formam novos leitores? O assunto é espinhoso e a gente resolveu bater um papo sobr

  • Hanna-Barbera | FormigaCast 81 - Formiga Elétrica

    Hanna-Barbera | FormigaCast 81 - Formiga Elétrica

    02/11/2018 Duration: 01h22min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Pode ser que os nomes isolados de William Hanna e Joseph Barbera não signifiquem muita coisa para o público em geral. No entanto, a junção dos dois sobrenomes muda tudo e forma uma das marcas mais reconhecíveis e amadas por gerações. A empresa Hanna-Barbera foi fundada em 1957 pelos dois cartunistas, após exercerem o cargo de diretores de animação da MGM. É bom lembrar que os dois também foram os criadores de uma das duplas mais famosas dos desenhos animados: Tom e Jerry. Responsáveis por uma variedade imensa de personagens quem mantiveram uma impressionante popularidade, o estúdio marcou a cultura de massa de uma forma indelével. Os Flinststones, Os Jetsons, Manda-Chuva, Zé Colmeia, Dom Pixote, Corrida Maluca, Maguila, Scooby-doo e a lista é interminável. Sob a batuta do estúdio, várias outras marcas foram licenciadas e se tornaram séries de animação que hoje muita gente lembra. Não apenas ícones da comédia - como O Gordo e O Magro e Abbot & Costel

  • Diretores Porra - Loucas | FormigaCast 80 - Formiga Elétrica

    Diretores Porra - Loucas | FormigaCast 80 - Formiga Elétrica

    19/10/2018 Duration: 01h25min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Aquela imagem clássica dos cineastas, a do artista temperamental que briga com os caras que o financiam em nome da arte, de comportamento excêntrico, na falta de uma palavra melhor, tem muito de verdade. Afinal de contas, o Cinema é uma arte cara e coletiva, o que demanda financiadores e a contratação de uma equipe. O diretor responsável precisa administrar tudo isso, mas o que acontece quando seu ego entra em choque com esses outros detalhes? Foi pensando nessas situações que batemos um papo sobre os diretores porra-loucas que marcaram a Sétima Arte não apenas com boas obras, mas também deixaram várias histórias de complicações, declarações polêmicas, maus-tratos e muito mais. Incluímos aqui não apenas aqueles que fazem tudo para causar em entrevistas, mas também aqueles que até colocaram a integridade física dos atores em risco. Tudo isso em nome de realizar um grande filme. Na maioria dos casos, isso deu certo, mas à custa de muito risco. Até ond

  • Aventuras na Sala de Cinema | FormigaCast 79 - Formiga Elétrica

    Aventuras na Sala de Cinema | FormigaCast 79 - Formiga Elétrica

    05/10/2018 Duration: 01h19min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Sabe aquele dia em que você, reservando um momento sagrado e pagando um preço salgado por isso, foi encarar uma sessão de cinema com a plena certeza de que seria um par de horas divertidas? E depois, chegando lá e após as luzes se apagarem, percebeu que sua diversão seria comprometida por pessoas mal-educadas ou ignorantes? É bastante improvável que você, cinéfilo, que vai ou já foi ao cinema com uma regularidade razoável, nunca tenha passado por isso, ainda mais se morar em uma grande metrópole. Uma situação tão comum entre nós valeu um episódio dedicado àquilo que chamamos Aventuras na Sala de Cinema. Tudo bem, a gente sabe que, em vários casos, a pessoa nem se toca que está atrapalhando, mas ela não é menos inconveniente por isso. Passado o estresse de você ter pago caro e não ter aproveitado, essas histórias até são engraçadas e trouxemos um punhado delas. Comentamos os tipos mais comuns, dos faladores incansáveis e seus comentários impertinente

  • Rip Offs: Copiar é a Regra | FormigaCast 78 - Formiga Elétrica

    Rip Offs: Copiar é a Regra | FormigaCast 78 - Formiga Elétrica

    21/09/2018 Duration: 01h19min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Sabe quando alguma coisa, seja qual produto for, faz sucesso? É absolutamente certo que alguém vai copiar, não é? Claro que as fronteiras que separam inspiração, homenagem e referência do plágio podem não ser tão evidentes, porém, alguns casos mostram uma cara-de-pau dos infernos. Exatamente por isso, existe um termo, muito conhecido no cinema, para designar esse tipo de recurso: Rip Off! São situações onde fica muito mais claro que um filme foi lançado com a intenção clara de lucrar em cima do sucesso de outro. E é claro que isso não se restringe apenas ao território no qual o filme de sucesso é lançado. Star Wars, por exemplo, já no final da década de 1970, teve inúmeros Rip Offs de vários lugares do mundo. Um dos filmes mais trash que o mundo já conheceu é um "derivado não oficial" da saga de George Lucas, conhecido hoje como Star Wars Turco -https://goo.gl/94hDix. Entre essas patifarias explícitas, também vieram tranqueiras da Itália e até do Br

  • Artes Marciais na Cultura Pop | FormigaCast 77 - Formiga Elétrica

    Artes Marciais na Cultura Pop | FormigaCast 77 - Formiga Elétrica

    07/09/2018 Duration: 01h29min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Poucas coisas são tão presentes na Cultura Pop em geral quanto as Artes Marciais, não é mesmo? Sejam obras que as colocam em destaque na história ou que as usam de forma mais incidental, não importa. Elas estão sempre presentes de uma forma ou de outra, principalmente nos videogames. É preciso lembrar que essa onda já começa na China no fim da década de 1930, demorando cerca de três décadas para que Bruce Lee começasse a difundir as artes marciais para o mundo todo. E a partir daí, a coisa não parou mais. Independente do grau do sucesso de cada ator, os filmes com lutas tornaram-se um gênero à parte. Jean-Claude Van Damme, apesar de tudo, é uma figura famosíssima graças a esse público sedento por pancadaria. E pensar que mesmo um filme como O Grande Dragão Branco, de qualidades discutíveis, ainda repousa na memória afetiva de milhares de fãs. Não podemos esquecer também de um ícone recente da porrada chamado Yuri Boyka. Os quadrinhos, é claro, já a

  • Desaplanar (Nick Sousanis) | FormigaCast 76 - Formiga Elétrica

    Desaplanar (Nick Sousanis) | FormigaCast 76 - Formiga Elétrica

    24/08/2018 Duration: 01h12min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Compre DESAPLANAR na Amazon: https://amzn.to/2PueyHf Resenha de DESAPLANAR: https://goo.gl/omzE95 Resenha de ALMOÇO NU: https://goo.gl/Gi462Y Vídeo sobre MISTÉRIOS E PAIXÕES: https://goo.gl/paJmSS Vídeo sobre WINSOR MCCAY: https://goo.gl/6tv8L2 Vídeo sobre LIVROS TEÓRICOS DE HQ: https://goo.gl/4xDgtD TED Talks com SCOTT MCCLOUD: https://goo.gl/tcrRWi Desaplanar (Unflattening) é uma obra singular nos Quadrinhos e... espere! Será que podemos chamar esse trabalho de HQ, simplesmente? Essa é uma questão complicada. Como já falamos dela anteriormente, na resenha que você acessa no link deste parágrafo, segue abaixo um trecho do texto que dá alguma ideia sobre o trabalho: Trata-se de uma tese de doutorado, apresentada na Universidade Columbia em 2014, elaborada em formato de Histórias em Quadrinhos. O pioneirismo foi recompensado. No ano seguinte, a editora da Universidade Harvard publicou o trabalho, rendendo vários prêmios e elogios rasgados de acadêmi

  • 10 Anos De Batman - O Cavaleiro Das Trevas | FormigaCast 75 - Formiga Elétrica

    10 Anos De Batman - O Cavaleiro Das Trevas | FormigaCast 75 - Formiga Elétrica

    10/08/2018 Duration: 01h33min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd O ano de 2008 foi marcante para os super-heróis no cinema. Foi o início do Universo Marvel nas telonas com Homem de Ferro, um plano que deu certo e vem se desenvolvendo até hoje. Do outro lado, a concorrência lançaria pouco depois a continuação de uma franquia reiniciada três anos antes, com Batman Begins. Só que o filme que reintroduziu o personagem aos cinemas não poderia preparar o público para sua continuação. Batman - O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight) mostrou-se tão bom que transcendeu, e muito, o conceito de adaptação de super-heróis. Somente dez anos após sua estreia como diretor com Following, Christopher Nolan deu continuidade ao universo que elaborou com o irmão Jonathan (criador da série Westworld). Livre das amarras de um filme de origem e arriscando-se  em um clima de thriller policial à la Michael Mann, a dupla entregou aquele que pode ser considerado o melhor filme protagonizado por um super-herói dos quadrinhos. A seriedade e

  • Distopia na Literatura | Formigacast 74 - Formiga Elétrica

    Distopia na Literatura | Formigacast 74 - Formiga Elétrica

    27/07/2018 Duration: 01h37min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Nestas primeiras décadas do século XXI, a discussão sobre distopia parece mais necessária do que nunca. Alguns argumentarão que já estamos vivendo em uma, apesar de todas as conquistas e de uma melhora geral na vida das pessoas. O ponto é exatamente esse. O que é distopia? O significado da palavra aponta para o contrário de utopia, um conceito tão maleável quanto seu oposto. Logo, não é exagero dizer que isso se torna bastante relativo de acordo com a visão do observador, certo? É exatamente aí que reside a riqueza do assunto. Por isso, resolvemos bater um papo sobre o conceito de distopia na literatura. Muitos autores já se propuseram a explorar isso em obras bastante famosas. Da famosa Utopia, de Thomas More, passando por Platão, Mary Shelley (sim, a autora de Frankenstein) e Jack London, a conversa foi longe. 1984, Admirável Mundo Novo e Fahrenheit 451 (também tema de um vídeo) foram, obviamente, incluídos, sem esquecer do romance que influenciou

  • Cinema Independente no Brasil com #NUDES | FormigaCast 73 - Formiga Elétrica

    Cinema Independente no Brasil com #NUDES | FormigaCast 73 - Formiga Elétrica

    13/07/2018 Duration: 01h04min

    Confira a crítica de #NUDES: https://goo.gl/QQR497 Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Confira também nossa conversa sobre Cinema de gênero no Brasil: https://goo.gl/abMEXf A pauta do novo episódio do FormigaCast interessa a qualquer um que deseje trabalhar, e quem já trabalha, com cinema no Brasil. Afinal de contas, qualquer brasileiro apaixonado por trabalho audiovisual que entra nesta área profissional acaba, em algum momento, envolvido com o Cinema independente. Quais são as maiores dificuldades, melhores e piores surpresas em uma produção? O que é necessário para se iniciar um filme, além de um encontro com os amigos regado a vinho? É possível fazer filme no Brasil sem nenhum estúdio ou produtora para bancar o projeto? Para aprofundar esse papo bacana sobre Cinema independente, Gustavo Clive Rodrigues conversou com o elenco do novo longa-metragem nacional, e totalmente feito na raça, #NUDES! O diretor e protagonista Guily Machovec, mais os atores Yolanda de Paulo, Vini Hideki e

  • Marvel Comics: A História Secreta | FormigaCast 72 - Formiga Elétrica

    Marvel Comics: A História Secreta | FormigaCast 72 - Formiga Elétrica

    29/06/2018 Duration: 01h16min

    Resenha de Marvel Comics: A História Secreta: https://goo.gl/6hqeeu Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Em Marvel Comics: A História Secreta, Sean Howe cobriu as mais de sete décadas de existência da editora de quadrinhos mais poderosa da grande indústria. Um trabalho minucioso de pesquisa que sacia a curiosidade de fãs e estudiosos, mas também traz detalhes desagradáveis sobre inúmeras figuras amadas pelos leitores. A figura de Stan Lee, por exemplo, fora dos holofotes dos eventos e outras aparições públicas, é associada a certos comportamentos pouco éticos, para dizer a verdade. Tudo, é claro, é descrito através dos depoimentos de outros que conviveram profissionalmente com ele. As famosas brigas e rupturas nas quais Lee foi figura-chave, mais precisamente envolvendo Steve Ditko e Jack Kirby, são explicadas. O polêmico método Marvel e a passagem do bastão editorial a Roy Thomas, pontos importantes na história da editora, também tem seu devido destaque ao longo das páginas. O grande

  • Cinema de gênero no Brasil | FormigaCast 71 - Formiga Elétrica

    Cinema de gênero no Brasil | FormigaCast 71 - Formiga Elétrica

    15/06/2018 Duration: 01h06min

    Acesse nosso SITE: goo.gl/hDQkSw e FACEBOOK: goo.gl/3mGhfd Confira os curtas BARBOSA (https://goo.gl/hNokuZ) e NINJAS (https://goo.gl/WLmLJc), ambos citados no podcast! É uma história complicada. Sempre que se fala em Cinema de gênero no Brasil, alguém sempre argumenta que o público não vai abraçar a ideia. Segundo as pessoas que acham isso, as plateias sempre vão preferir os produtos gringos do segmento. Logo, a solução seria investir em obras mais autorais, seguindo uma linha que já vem desde o Cinema Novo e seu maior representante: Glauber Rocha. Mas e um sucesso como Tropa de Elite? Já não serve para questionar o senso comum? Embalados pela estreia de As Boas Maneiras (https://goo.gl/RDXN3A), de Marco Dutra e Juliana Rojas, onde o terror não busca imitar fórmulas gringas, resolvemos falar sobre os esforços brasileiros por um bom Cinema de gênero. Recentemente, também tivemos Reza a Lenda (https://goo.gl/4U6kTp) e Motorrad (https://goo.gl/Gx1HuR), que indicam que o pensamento pode estar mudando por aqui

page 3 from 7