Dia A Dia Da Economia - Míriam Leitão

Informações:

Synopsis

Análise diária dos principais fatos da economia com uma das mais importantes e influentes jornalistas do país.

Episodes

  • 'Governo não fez nenhum esforço em relação ao alimento e ficou obcecado com o combustível'

    17/08/2022 Duration: 06min

    Míriam Leitão fala sobre as características dos índices de inflação. Os setores da sociedade são atingidos de forma diferente, como mostra em números a pesquisa da FGV. A inflação para os mais pobres é pior do que para os mais ricos. Ela explica que a inflação de julho foi emblemática, com a queda no preço da gasolina e a alta no preço do leite. 'O pobre gasta mais com alimento'.

  • Democracia: 'posse de Alexandre de Moraes foi simbolicamente importante'

    17/08/2022 Duration: 08min

    Míriam Leitão fala sobre posse de Alexandre de Moraes no TSE nesta terça-feira: 'foi uma posse com muita representatividade'. 'Até o não aplauso de Bolsonaro tem significado', diz a comentarista, que fala sobre isolamento do presidente.

  • País cresce um pouco mais, mas cria problemas para o futuro

    16/08/2022 Duration: 07min

    Míriam Leitão analisa os números do Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), considerado a "prévia" do Produto Interno Bruto (PIB), e do indicador da Fundação Getulio Vargas que monitora a atividade econômica brasileira. Ambos apresentaram pequna alta. Ela alerta para as medidas eleitoreiras e populista do governo, que devem ter reflexo no ano que vem.

  • 'Campos Neto permanece com pé no chão, enquanto equipe econômica está em campanha'

    16/08/2022 Duration: 04min

    Míriam Leitão analisa declaração do presidente do Banco Central, que afirmou que existe uma preocupação com o cenário fiscal de 2023 a partir das incertezas da continuidade dos programas estabelecidos neste ano.

  • 'Defesa do Judiciário na carta da Fiesp foi o que mais irritou o governo Bolsonaro'

    12/08/2022 Duration: 11min

    Míriam Leitão fala sobre a repercussão negativa do grande manifesto em defesa da democracia no coração do governo. Segundo ela, aliados do presidente estão muito descontentes, pois sentiram que a Fiesp 'colocou o Judiciário acima dos demais poderes' ao dar importância especial a sua defesa. 'Isso acontece simplesmente porque é o poder mais atacado', retruca a comentarista. Míriam celebra o evento desta quinta-feira: 'momento de reafirmação da confiança do povo na democracia.'

  • 'Um dia que marca a história do Brasil com uma reafirmação de valores'

    12/08/2022 Duration: 04min

    Míriam Leitão comenta as repercussões dos manifestos sobre a carta em defesa da democracia, lida nesta quinta-feira, no Largo São Francisco, em São Paulo, e em diversos lugares pelo Brasil: 'um dia que ficou para a história'. A comentarista também discorre sobre os discursos.

  • Carta em defesa da democracia 'é a voz da sociedade se fazendo ouvir'

    11/08/2022 Duration: 05min

    Míriam Leitão dimensiona o impacto da leitura da Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito, que aconteceu nesta quinta-feira, 11 de agosto de 2022, na Faculdade de Direito da USP. 'É uma reação muito forte à reunião com embaixadores na qual Bolsonaro disse para o mundo que as eleições seriam fraudadas e que talvez sequer ocorressem', sentencia a comentarista.

  • 'Nossa consciência cívica é muito maior do que imagina os adversários da democracia'

    11/08/2022 Duration: 06min

    Míriam Leitão fala sobre carta em defesa da democracia, que ganha força e será lida nesta quarta-feira. 'É muito bonito quando a sociedade se reúne em vigília cívica', diz a comentarista sobre persistir no caminho democrático.

  • 'Orçamento secreto é um monstrengo que foi mantido na LDO'

    10/08/2022 Duration: 06min

    Míriam Leitão fala sobre a LDO, que estabelece regras para a elaboração do orçamento do ano seguinte. Ela explica que ‘os parâmetros não estão certos’. Míriam detalha que o governo está trabalhando com uma hipótese de inflação subestimada e a previsão é de que estoure novamente o teto da meta. Comentarista cita ainda a manutenção da regra do orçamento secreto. 'Um mostrengo'.

  • 'Inflação caiu pontualmente nos preços que o governo reduziu com medidas artificiais'

    10/08/2022 Duration: 06min

    Apesar do cenário de deflação, como divulgado pelo IBGE, de 0,68%, Míriam Leitão destaca que os números apontam queda em setores específicos. Ela contextualiza o esforço do governo federal para reduzir, principalmente, os preços relativos à energia e combustível. '15,4% menos no preço da gasolina e 25% mais no preço do leite', questionou. Dado o novo cenário, inflação deve voltar a um dígito em agosto.

  • Economia registra inflação negativa, mas preço dos alimentos segue em alta

    09/08/2022 Duration: 08min

    Míriam Leitão repercute a deflação de 0,68% do mês de julho. O recuo da inflação foi mais sentida nos combustíveis, em especial na gasolina, que baixou 15%. Todavia, destaca a comentarista, os alimentos registraram alta de 1,30% no mesmo período. O leite, por exemplo, subiu 25%. 'O governo fez um combate determinado sobre o preço dos combustíveis para agradar os eleitores, mas os muito pobres ainda sentem a inflação na mesa', pontua Míriam.

  • Caso do coronel Ricardo Santana mostra a má fé das Forças Armadas contra as eleições

    09/08/2022 Duration: 06min

    Militante bolsonarista nas redes sociais, o coronel atacava as urnas eletrônicas e também criticava outros candidatos à Presidência. Míriam Leitão questiona a negligência do Exército contra o coronel, mantido na comissão de segurança cibernética do TSE, até sua expulsão pelo presidente do Tribunal, Edson Fachin. 'Paulo Sério Nogueira não viu nada nem quando era comandante do Exército nem como ministro da Defesa', critica ela.

  • Presidente da Eletrobras quer transformar a companhia líder em energia renovável

    08/08/2022 Duration: 06min

    'Mas temos que saber qual renovável', questiona Míriam Leitão. A comentarista cita o exemplo da usina hidrelétrica de Belo Monte, na Amazônia: 'teve tanto impacto socioambiental que não se pode dizer que é uma usina de energia renovável'. Míriam alerta ainda que a Eletrobras, hoje, tem sua maior parte da energia vinda de fonte hidráulica.

  • 'O mais importante pacote de leis favoráveis a redução dos gases do efeito estufa já aprovado nos EUA'

    08/08/2022 Duration: 06min

    Míriam Leitão fala sobre a aprovação do maior pacote climático da história dos Estados Unidos. O pacote tem série de medidas no campo do clima e também da saúde. Democratas dizem que esse pacote ajuda a melhorar a arrecadação de impostos junto aos mais ricos e as grandes empresas. Passou pelo Senado, que era o mais difícil, e agora vai para a Câmara, onde os Democratas têm maioria. 'Vitória do presidente Biden no momento em que ele está fraco'.

  • 'Jô Soares conseguia fazer a gente rir na ditadura e da própria ditadura'

    05/08/2022 Duration: 12min

    Míriam Leitão fala sobre Jô Soares. ‘Ele era muito genial’. Comentarista cita a ‘Rádio Cruzeiro’, quadro que mostrava o que era o viver com uma hiperinflação. ‘Difícil definir Jô Soares, um talento múltiplo. Ele conseguia fazer a gente rir na ditadura e da própria ditadura. A melhor forma de desmoralizar um regime autoritário é fazer graça’. Como entrevistador, ele conseguia tirar das pessoas a sensação de estar sendo entrevistado. ‘Jô Soares era tão múltiplo que é difícil definir. O Brasil perde uma pessoa gigante’. Míriam Leitão também fez um resumo dos principais assuntos da semana: taxa básica de juros; consignado para beneficiários do Auxílio Brasil; e a carta pela democracia da Fiesp.

  • 'Um genial humorista que nos ajudava a rir até em momentos difíceis'

    05/08/2022 Duration: 06min

    Míriam Leitão lamentou a morte de Jô Soares. ‘Ele foi único. Intelectual, escritor e grande jornalista. Um entrevistador maravilhoso, divulgador da cultura e das artes. Um grande brasileiro que o país perde no dia de hoje. Uma tristeza’. Míriam Leitão também fez uma análise da da carta da Fiesp em defesa da democracia, publicada pelos principais jornais do país. 'Uma parte da defesa da sociedade contra as ameaças frequentes do presidente da República ao Estado Democrático de Direito'.

  • 'Taxa de juros de quase 80% para crédito de beneficiário do Auxílio Brasil é exploração'

    04/08/2022 Duration: 09min

    Míriam Leitão comenta a altíssima taxa de juros atrelada ao crédito consignado oferecido por bancos a quem recebe o Auxílio Brasil. Segundo contas da comentarista, com juros de até 78,8% ao ano, a pessoa pode pegar um crédito de R$ 1,6 mil e, dois anos depois, pagar R$ 3,8 mil, mais que o dobro do crédito contraído. 'É uma forma de pegar dinheiro dos imposto e dar para as financeiras', critica Míriam. 'Isso se chama desvio.'

  • 'Bolsonaro só vai em lugares que é aplaudido'

    04/08/2022 Duration: 05min

    Míriam Leitão fala sobre a decisão de Bolsonaro de cancelar encontro na Fiesp no dia 11 de agosto, quando seria convidado a assinar carta pró-democracia. Na mesma data, ele cancelou encontro que teria com empresários à noite. ‘Está ficando claro para o presidente que uma parte grande da elite empresarial, financeira do pais, está se afastando dele’. O governo não foi aquilo que esses empresários esperavam. Se deixaram enganar em 2018. 'Além de não fazer uma agenda liberal, Bolsonaro fez uma agenda de destruição do teto de gastos'.

  • 'É provável que o BC não queira subir os juros na próxima reunião, em setembro'

    03/08/2022 Duration: 08min

    Míriam Leitão fala sobre a divulgação da taxa de juros no final da tarde desta quarta-feira, a expectativa para comunicado do Banco Central e os sinais sobre a decisão. Para hoje, a previsão é de que o Copom eleve a taxa básica de juros para 13,75% ao ano. ‘Uma alta muito forte’. Míriam destaca ainda que, a cada momento, se agrega um cenário de tensão no mercado internacional.

  • 'General está insistindo em assombrar país para agradar Bolsonaro'

    03/08/2022 Duration: 05min

    Míriam Leitão faz uma análise da ação do ministro da Defesa ao TSE. O general Paulo Sérgio Nogueira fala com o TSE em um tom que ele parece o comandante do TSE. Ontem, ele carimbou como 'urgentíssimo' o acesso ao código-fonte das urnas, que está aberto as instituições que queiram fiscalizar desde outubro do ano passado.

page 1 from 2