Harvard Business Review Brasil - Maio de 2017

Try it Now Firm without compromise. Cancel whenever you want.

Synopsis

A edição de maio da Harvard Business Review Brasil traz, em sua capa, as quatro atitudes ou competências que diferenciam os bons CEO's dos maus, de acordo com uma pesquisa que avaliou pelo menos 2 mil deles. Na seção 'Radar', o estudo de Lakshmi Balachandra, que passou uma década documentando o que se passava em reuniões de apresentação entre empreendedores e empresas de capital de risco, e descobriu padrões que podem influenciar a decisão de investimento. Adiante, Sim B. Sitkin, C. Chet Miller e Kelly E. See falam sobre o paradoxo das "stretch goals". Por um lado, as empresas que as adotam geralmente estão desesperadas, razão que explica a alta taxa de fracasso; por outro, as organizações que apresentam desempenhos elevados, não o fazem por conta do alto risco. Conheça também o trabalho do professor Paolo Aversa, que comparou as inovações em mais de 300 carros de F1 por 30 anos com os resultados das corridas. E concluiu que, às vezes, inovar muito pode piorar o desempenho.

Articles

  • O que diferencia CEOs bem-sucedidos

    Duration: 27min
  • Como investidores de risco avaliam propostas

    Duration: 16min
  • Defenda seu estudo

    Duration: 09min
  • O paradoxo das Stretch Goals

    Duration: 30min