Call De Abertura - Alexandre Schwartsman

Synopsis

Análise profunda e bem humorada do cenário econômico brasileiro.

Episodes

  • Há discrepância grande entre projeções do BC e apostas do mercado

    Há 'discrepância grande' entre projeções do BC e apostas do mercado

    24/09/2020 Duration: 15min

    Alexandre Schwartsman fala sobre o relatório de inflação, divulgado hoje pelo Banco Central. Ele destaca que os planos do BC são para não subir a taxa de juros, provavelmente, até o final de 2021. Mas, para o mercado, essa percepção não é trivial, há uma discrepância grande.

  • Banco Central tem telegrafado os movimentos dele já há algum tempo

    'Banco Central tem telegrafado os movimentos dele já há algum tempo'

    17/09/2020 Duration: 17min

    Alexandre Schwartsman destaca que na reunião de ontem, o BC manteve a taxa de juros, o que já era esperado, e trouxe pouca alteração na comunicação. Foram duas pequenas coisas em destaque: reconheceu a fraqueza no setor de serviços e mostrou certa frieza com relação ao movimento de inflação de curto prazo.

  • Pior do que o diagnóstico ruim são as medidas ruins adotadas para lidar com o problema

    'Pior do que o diagnóstico ruim são as medidas ruins adotadas para lidar com o problema'

    10/09/2020 Duration: 12min

    Alexandre Schwartsman analisa o aumento no preço do arroz e os desdobramentos econômicos. 'É uma coisa séria, tem um efeito no aumento no custo de vida, mas não é um fenômeno inflacionário. É uma coisa localizada, provavelmente, temporária'.

  • Expectativa é que ano termine com queda anual do PIB entre 5,5% a 6%

    Expectativa é que ano termine com queda anual do PIB entre 5,5% a 6%

    03/09/2020 Duration: 11min

    A avaliação é de Alexandre Schwartsman. Para o comentarista, o fundo do poço foi em abril e agora estamos saindo dele. A questão principal é a velocidade com que vamos nos recuperar. "Vai ser difícil voltar para os níveis pré-crise", diz.

  • Parece que a gente é impermeável à nossa própria história

    'Parece que a gente é impermeável à nossa própria história'

    27/08/2020 Duration: 13min

    Alexandre Schwartsman faz uma análise sobre o conflito envolvendo Bolsonaro e Paulo Guedes e destaca que "quando chega ao ponto do presidente desmentir publicamente o ministro da economia, a gente está em uma situação complicada". Comentarista critica o fato de Bolsonaro não levar a questão fiscal tão a sério, ignorando os problemas que tivemos com isso em um passado recente.

  • Controlar gastos públicos significa prejudicar população mais pobre

    Controlar gastos públicos significa prejudicar população mais pobre

    20/08/2020 Duration: 13min

    Críticos ao teto de gastos públicos alegam que ele limita a proteção aos mais pobres e vulneráveis. Alguns especialistas destacam, ainda, que a regra que limita despesas pode ser considerada racista, já que prejudicaria principalmente a população negra. No entanto, Alexandre Schwartsman comenta que o teto de gastos não impediu a expansão dos investimentos em saúde, educação e assistência social. Para ele, despesa excessiva com o funcionalismo é a principal ameaça ao orçamento do governo.

  • Governo Bolsonaro trabalha duro para que nenhum candidato liberal se eleja em 20 anos

    'Governo Bolsonaro trabalha duro para que nenhum candidato liberal se eleja em 20 anos'

    13/08/2020 Duration: 13min

    Alexandre Schwartsmann critica a postura da equipe econômica de Bolsonaro e afirma que o ministro Paulo Guedes é "raso" em suas ideias liberais. "O credo está certo, o que está difícil é o contato com a realidade", diz. Comentarista avalia que a agenda de Bolsonaro hoje é puramente política, não tem nada de liberal.

  • Chance de reduzir ainda mais a taxa de juros parece baixa

    'Chance de reduzir ainda mais a taxa de juros parece baixa'

    06/08/2020 Duration: 15min

    Alexandre Schwartsmann conversa com Carlos Alberto Sardenberg sobre a decisão do Copom de reduzir os juros a 2% ao ano. O comitê, apesar de não descartar completamente novas reduções, afirmou que o espaço para cortes, se houver, "deve ser pequeno". Comentarista explica porque discorda dessa posição.

  • Caged apresenta sinais de melhora em junho

    Caged apresenta sinais de melhora em junho

    30/07/2020 Duration: 13min

    Alexandre Schwartsman faz uma análise sobre os dados do trabalho divulgados nesta semana e avalia que eles levantam alguma esperança de que haja uma pequena recuperação nos postos de trabalho nos próximos meses. Comentarista fala também sobre números do balanço de pagamentos e sobre um encolhimento do passivo externo do país como resultado da desvalorização do real.

  • É nítido que escolheram o caminho supostamente mais fácil para reforma tributária

    'É nítido que escolheram o caminho supostamente mais fácil' para reforma tributária

    23/07/2020 Duration: 09min

    Alexandre Schwartsman comenta sobre a proposta do governo para reforma tributária. Ele avalia que a mudança está sendo feita por projeto de lei por ser mais fácil de ser aprovada no Congresso. Mas, por isso, acaba sendo relativamente pequena. "É supostamente um primeiro passo, mas parece muito modesto", avalia.

  • Apesar do oba-oba, economia brasileira segue bastante deprimida

    Apesar do 'oba-oba', economia brasileira segue bastante deprimida

    16/07/2020 Duration: 09min

    Alexandre Schwartsman comenta dados divulgados em relação à atividade econômica. Ele destaca que o setor de serviços, que é responsável por 60% do PIB, continuou caindo e que, mesmo que tivermos um ritmo de crescimento muito forte daqui para a frente, a recuperação ainda será lenta.

  • É melhor baixar a bola e entender que isso é resultado da base de comparação deprimida de abril

    'É melhor baixar a bola e entender que isso é resultado da base de comparação deprimida de abril'

    09/07/2020 Duration: 12min

    Alexandre Schwartsman fala sobre dados da atividade econômica e os bons números do comércio varejista e da produção industrial de maio, na comparação com abril, o que causou entusiasmo no governo. 'As coisas travaram em abril'. No caso da indústria automobilística, a recuperação foi expressiva sobre abril, mas está longe do que estava no começo do ano.

  • Fundo do poço da atividade econômica pode ter sido o mês de maio

    Fundo do poço da atividade econômica pode ter sido o mês de maio

    02/07/2020 Duration: 15min

    Analista comenta o cenário da economia, duramente atingida pela pandemia da Covid-19. O nível de emprego é muito ruim, com perda de muitas vagas desde março, mas tendência é de estabilização. ‘Maio continuou caindo, mas menos do que em abril. Não há motivo para comemorar, mas a queda está menos expressiva. O mesmo acontece com a PNAD’.

  • Indicadores falam em queda na economia entre 6% e 9%

    Indicadores falam em queda na economia entre 6% e 9%

    25/06/2020 Duration: 14min

    Previsão do PIB brasileiro para este ano é de inevitável queda forte em função da pandemia de Covid-19. FMI fala em 9%, já o Banco Central prevê queda de 6%. ‘O que sabemos é que será muito. Talvez o fundo tenha perdido no cálculo a melhora recente nos mercados’, explica Schwartsman. Para o mundo a projeção é de achatamento de 5% da economia.

  • Simplificando o economês: colunista da CBN lança livro

    Simplificando o 'economês': colunista da CBN lança livro

    23/06/2020 Duration: 08min

    Alexandre Schwartsman está lançando o livro ‘Economia do cotidiano’. ‘Foi uma proposta da Editora Contexto para trazer a economia mais próxima do dia a dia das pessoas. Tentei aproximar de quem não é especialista na área e ajudar a entender e decifrar o que está saindo no jornal sobre inflação, taxa de juros, dólar...’.

  • Banco Central deveria continuar o processo de corte de juros

    'Banco Central deveria continuar o processo de corte de juros'

    18/06/2020 Duration: 11min

    Nesta quarta, o Copom baixou a taxa Selic para 2,25% ao ano. Alexandre Schwartsman destaca que, com inflação abaixo da meta, juros deveriam cair ainda mais. Ele também destaca números negativos relacionados à atividade econômica e afirma que segundo trimestre de 2020 deve trazer resultados ainda piores. 'Vai ser difícil de esquecer', comenta.

  • Quanto maior a capacidade ociosa, mais baixa a inflação

    'Quanto maior a capacidade ociosa, mais baixa a inflação'

    11/06/2020 Duration: 16min

    Alexandre Schwartzman explica que estamos nos encaminhando para uma inflação muito baixa. ‘Não me parece que a gente entrou em um fenômeno deflacionário no Brasil. Não é esse o caso’. Ele explica que o fato do mercado de trabalho estar na lona traz a inflação para baixo. 'Não existe milagre'.

  • Manter a saúde financeira das empresas pode garantir retomada de empregos no futuro

    Manter a saúde financeira das empresas pode garantir retomada de empregos no futuro

    04/06/2020 Duration: 15min

    Mudança na linha de financiamento que banca parte dos salários permite a redução de até 50% do quadro de funcionários. Para Alexandre Schwartsman, apesar de não preservar parte dos empregos agora, salvar empresas da falência ajuda na recuperação posterior.

  • Estamos caminhando para um afundamento da economia como nunca se viu

    'Estamos caminhando para um afundamento da economia como nunca se viu'

    28/05/2020 Duration: 12min

    Alexandre Schwartsman avalia que crise econômica causada pelo coronavírus deve ser mais grave e duradoura do que as crises de 2008 e 2013. Ele destaca queda 'devastadora' nos índices de emprego e comenta que próximos resultados do PIB também devem registrar forte retração. Inflação negativa e ajuste nas contas externas também estão entre os destaques.

  • Apesar da boa intenção, o desenho acabou tendo falhas, inviabilizando o programa

    'Apesar da boa intenção, o desenho acabou tendo falhas, inviabilizando o programa'

    21/05/2020 Duration: 10min

    Alexandre Schwartsman fala sobre os programas do governo para socorrer pessoas e empresas em meio à pandemia. Ele fala do programa de financiamento para o pagamento de folhas salariais de pequenas e médias empresas. Alexandre destaca os problemas de ordem burocrática, além da condição de que o empregador não demita e nem reduza salário.

page 1 from 2

Informações: